• Vickie

    Cães que mordem o próprio dono

    0

    Há poucos dias fui mordida pelo meu cachorro, um vira-lata de quase três anos, sobrevivente único de uma ninhada de sete que foi criado com muito mimo. Apesar de ser um cachorro estabanado, ciumento e agitado, nunca foi agressivo. Cheguei a ficar magoada por ter sido mordida pelo meu animal de estimação e até tentei arranjar algumas desculpas para justificar a mordida. Não vi que ele escondia algo na sua casinha e achei que ele me confundiu e sentiu-se ameaçado quando fui lhe fazer um carinho. Simples assim. (só que não). Minha curiosidade em descobrir porque um cachorro tratado com tanto carinho, de repente, resolve morder quem cuida dele, me revelou dados importantes. Em minhas pesquisas, descobri que na verdade somos nós, os donos, que inadvertidamente deixamos que nossos cães tomem a liderança. Ao serem contrariados, ou importunados, eles reagem da forma que sabem, ou seja, mordendo quem não se submete às suas vontades, mesmo que essa pessoa seja seu dono. Descobri também que não são apenas os cachorros grandes ou de raças consideradas agressivas que são perigosos. Isso é um mito. Todas as raças e tamanhos de cães podem morder quando provocados, até mesmo os pequenos chihuahuas. Não porque...

  • Como evitar que o cachorro puxe a coleira - Cachorro Cão

    Como evitar que o cachorro puxe a coleira

    0

    Ensinar ao seu cão a forma correta de caminhar, desde pequeno, é mais fácil do que corrigi-lo depois. Mesmo assim, sempre é possível treinar seu cão e mostrar a ele quem é o líder. Veja abaixo algumas técnicas para ajudá-lo a treinar seu cão a caminhar sem puxar a coleira. Método do burro e da cenoura Comece a caminhar segurando um petisco com uma mão na frente do nariz do seu cão e permita, de vez em quando, que ele dê uma lambida no petisco, ou coma um pedacinho. Garanta essa recompensa a cada poucos metros de caminhada. Leve uma porção de ração com você para medir o desempenho de seu cão. Se sobrar ração quando voltar saberá que conseguiu ensinar seu cão e pode fazer um agrado ainda maior, dando o que sobrou para ele. Caso contrário, continue o treinamento nas próximas saídas. Método da coleira solta Você vai precisar de uma coleira de 1.8m de comprimento neste treinamento. Lembre-se que para os cães o fato de sair de casa preso à coleira já é uma recompensa.      Uma dica essencial é sempre parar quando o cachorro puxar a coleira, caso contrário você estará indicando que ele é o...

  • cuidados com o seu cão na hora do passeio

    Cuidados especiais para o passeio do seu cão em dias mais quentes.

    0

    Caminhar com os cães é uma atividade prazerosa e muito importante para seu pet.  Os cães precisam de exercícios. Durante o passeio eles ainda exercitam a socialização, aprendem a assimilar melhor os ruídos da rua e exercitam o que mais gostam de fazer: cheirar! No entanto, o calor exige alguns cuidados especiais. Os cachorros não possuem glândulas sudoríparas para liberar o calor e transpiram através da salivação. Se você colocar focinheira no cachorro quando sai com ele, escolha a mais confortável, que não o aperte muito e não impeça que eles abram a boca. Quando a temperatura do cachorro fica muito alta ele fica mais tempo com a boca aberta e a respiração é mais ofegante. Percebendo esses sinais, vá com ele para a sombra e ofereça água. Durante as caminhadas, no verão, é aconselhável levar uma garrafa de água para matar a sede do seu pet ou até refrescá-lo durante os passeios. Os horários para as caminhadas variam de pessoa para pessoa, mas para os cães o horário ideal é na parte da manhã, até às nove horas. Depois desse horário e até às seis da tarde, o sol está muito quente e é bastante prejudicial a eles. Com...

  • Foto Sunny brinquedos/Divulgação-Carnaval bom pra cachorro!

    Carnaval bom pra cachorro!

    0

      Vai pular carnaval com o seu cão? Fique de olho nas dicas e aproveite! • Tome cuidado com os detalhes da fantasia que irá colocar no seu cão, fique de olho para ele não engolir nada. Cães adoram engolir botões, brilhos, tiaras, tome cuidado! • Se estiver um dia quente não coloque fantasia no seu cão. Os cães são sensíveis ao calor e podem passar mal. • Não vá para lugares com muita gente e com muito barulho, os cães têm uma audição sensível. • Preste atenção a cacos de garrafas quebradas podem cortar as patinhas do seu cão. • Jamais pinte os pelos do seu cão. A tinta é tóxica e faz muito mal para os cães, podem dar reações alérgicas e complicações sérias. Fonte: R7 

  • 131211_post_viajar

    Hotéis que aceitam cachorro

    0

      Veja alguns hotéis que aceitam a presença do seu melhor amigo, junto com você: Pousada Pura Vida – Maresias – São Sebastião – SP R. Sebastião Romão César, 184  Portal do Sol Hotel Fazenda – Socorro – SP Estrada do Bairro dos Pereiras, Km 5,5. Estância Hidromineral de Socorro – SP  Pousada Canto da Maritaca – Resende Costa, MG Estrada de acesso ao jacaré s/n – Residencial Palmares Go Inn Manaus – Manaus – AM Rua Monsenhor Coutinho, 560 – Centro Pousada do Bosque Tororomba – Olivença em Ilhéus -BA Rod. Ilhéus/Comandatuba, km 21 Hotel Pousada Colina de Pedra – Gramado – RS Rua Furna, 2305. Gramado-RS Vila Suzana Parque Hotel – Canela – RS R. CelTheobaldoFleck, 15  Arizona Tel: (67) 3255-4190 www.hotelpousadaarizona.com.br  Fazenda do Betione Tel: (67) 9912-2666 www.hotelfazendadobetione.tur.br  Moinho de Vento Tel: (67) 3255-1501 www.pousadamoinhodevento.com.br Pousada Canto do Bambu Tel: (67) 3255-2580 www.cantodobambu.com.br  Pousada Chamamé Tel: (67) 3255-4685 www.pousadachamame.com.br Pousada Rancho Jarinu Tel: (67) 3255-2094 www.pousadaranchojarinu.com.br  Casa de Praia Tel: (85) 3219-1022 www.hotelcasadepraia.com.br  Navegantes Praia Tel: (85) 3262-7100 www.hotelnavegantes.com.br  Pousada Sonho de Família Tel: (85) 3265-3717 www.pousadasonhodefamilia.com.br  Gravatá (PE) Oásis Boutique Hotel &Spa Tel: (81) 3533-0380 www.spaoasis.com.br  Japaratinga (AL) Paraíso dos Coqueirais Tel: (82) 3297-1125 www.paraisodoscoqueirais.com.br  Porto...

  • shutterstock_17681434

    Dicas de sites para divulgação de cães desaparecidos

    0

    Antigamente a procura de cães desaparecidos era feita informando os vizinhos do bairro ou colando cartazes pelos postes de toda a cidade, trazendo uma poluição visual e sujeira pela cidade. Uma maneira mais eficiente de se procurar seu cão é utilizar sites que podem lhe auxiliar na divulgação do desaparecimento e entrar em contato de maneira bem simples e rápida. Seguem alguns bem eficientes: Eu me perdi Neste site, você tem a possibilidade de divulgar o desaparecimento do seu cachorro, bem como informar que foi encontrado na sua cidade. Para facilitar, ele dispõe da localização por estado. www.eumeperdi.com.br Cachorro perdido www.cachorroperdido.com.br Semelhante a outros sites, você tem a possibilidade de cadastrar seu pet perdido através de um login e informar sobre o desaparecimento. Olhar Animal Aqui, você pode informar especificamente os dados do seu cachorro (ou gato) contendo uma foto para divulgação. Adjacente, é um site bem completo para quem gosta de animais. www.olharanimal.net/animal-desaparecido  Animais Desaparecidos Brasil Devido a facilidade de divulgação para pessoas conhecidas de sua cidade, existe a página do Facebook Animais Desaparecidos Brasil (facebook.com/AnimaisDesaparecidosBrasil). Ao publicar sobre o desaparecimento, compartilhe com sua rede de amigos e peça para que divulguem. Desta maneira, aumentam-se as chances consideravelmente.

  • compulsão canina

    Saiba porque seu cachorro tem compulsão por coçar

    0

    Nós costumamos justificar o jeito que somos dizendo que as pessoas não são todas iguais – mas a maioria parece esperar que os cachorros sejam. Muita gente esquece que apesar de quatro cachorros serem da mesma raça, por exemplo, muito dificilmente eles terão temperamentos iguais, mesmo que sejam da mesma ninhada. Da mesma forma alguns cachorros têm mais propensão do que outros a ficarem estressados e/ou terem comportamento compulsivo. Se nos humanos a compulsão assume formas até que bem conhecidas – fumar, jogar, comprar, beber – nos cães elas ainda estão aprendendo a ser identificadas. Por conta das próprias limitações caninas, elas podem assumir formas esquisitas e até assustadoras para alguns tutores, como quando envolvem a automutilação, por exemplo. Há cães que de tanto se coçar ou lamber acabam com determinadas partes do corpo. Outros são capazes de mastigar alguns pedaços, como o rabo ou extremidades das patas, e muitas vezes precisam ser operados. É o equivalente ao transtorno obsessivo compulsivo humano. Primeiro é preciso identificar a causa da compulsão Lambidas, coceiras e mastigações em excesso podem acontecer por diversos motivos: do estresse a causas psiquiátricas e sequelas de algumas doenças que atingem o sistema nervoso central, como a cinomose....

  • 10 motivos para ter um cachorro

    0

    • Amor incondicional • Você nunca estará só • A companhia de um cachorro faz bem para saúde – diminui o estresse e ansiedade. • Sempre terá recepções alegres quando chegar em casa. • Sempre terá com quem desabafar • É um incentivo para praticar atividades físicas • É extremamente fiel • Não pede nada em troca • Aprende a ter responsabilidade (afinal ele depende de você) • Te torna uma pessoa melhor, paciente e feliz.

Scroll To Top

Options

Layout type:

liquidfixed

Layout color: