Home Adestramento Comportamento Compreendendo a agressividade do seu cão

Compreendendo a agressividade do seu cão

Compreendendo a agressividade do seu cão

agressividadeAssim como em nós humanos existem vários fatores que podem influenciar na agressividade de um cão.
Não podemos acreditar que apenas por dar todo o carinho e atenção do mundo nosso cachorro não poderá se tornar agressivo e latir, morder e atacar o próprio dono ou outras pessoas.
Os motivos que podem tornar os cães mais agressivos podem ser:

– Dor: as vezes nosso amigo canino está sofrendo de alguma dor e por isso pode acabar tornando-se agressivo;
– Ameaça: mesmo que o cão cresça em um ambiente amoroso ele pode se sentir ameaçado por algum barulho, presença de estranho ou qualquer coisa que ele ache estranho que o faça se sentir ameaçado;
– Fome: sim ele pode se tornar agressivo por estar com fome, nós também mudamos de humor quando estamos com fome;

Além dos fatos mencionados a cima há ainda a questão do instinto do cão. Não é porque você tem um Beagle que ele não poderá ter picos de agressividade de um Pitbull ou um Pittbul possa ser tão calmo quanto um Yorkshire.

A agressividade de instinto pode ser:

– Possessiva: quando o cão tem “ciúmes” de algo ou alguém;
– Territorial: comum na maioria dos lares, pois o acredita que a casa é dele;
– Liderança questionada: quando o cão se sente questionado quanto a sua liderança no grupo.

Logo, além de paciência, é necessário ter compreensão para entender e acalmar seu amigo quando ele estiver passando por um momento “ruim” e estiver agressivo, a única coisa que não pode acontecer é devolver agressividade com mais agressividade, pois isso pode acabar por tornar o comportamento um hábito e tornar a relação dono cão muito difícil.

Junte-se a nós! Deixe seu email e receba novidades animais!
Placeholder Placeholder