Cachorro zen é cachorro feliz!

Publicado por Redação0

 

Contas para pagar, namorado que demora para telefonar, chefe ignorante, carro na oficina: todo mundo tem lá seus motivos para acabar estressado. Mas muito se engana quem pensa que a vida de cachorro é só dormir, comer e fazer xixi, eles também têm lá seus motivos para ficarem estressados – o grande problema é que, como eles não falam, a gente é que tem que aprender a identificar. Claro, porque se você prestar atenção, o cachorro também tem seu jeitinho de dar o recado, seja latindo além da conta, fazendo sujeira no lugar errado, destruindo alguma coisa, dormindo ou ficando lento demais. Aí o pulo do gato é identificar a causa – e providenciar a solução.

Agitação em excesso ou antipatia com outros cães podem ser sinal de estresse

Os sintomas do estresse canino se manifestam das formas mais variadas: eles podem ainda ficar com os olhos muito arregalados, evitar outros animais ou até mesmo se automutilarem – comendo o próprio rabo ou pedaços da pata. Sim, o problema pode ser grave e requerer cirurgia em alguns casos.

O ideal é identificar o problema logo no início, por isso prestar atenção no comportamento do seu amigão todos os dias, é muito importante. Hipócrates dizia que “sintomas não são a doença”, e é verdade. Pode ser que o bichinho esteja assim por alguma causa física, então o melhor, como sempre, é buscar a ajuda profissional de um veterinário.

O que pode deixar seu cachorro estressado e como tratar

Os fatores mais comuns costumam estar relacionados à mudança de hábitos. Pode ser a mudança de casa, uma empregada nova, vizinhança diferente, barulho diferente ou em excesso – como em caso de obras, por exemplo – pessoas estranhas ou a chega de um novo membro na família, como o nascimento de um bebê, a avó que foi passar uns dias, a prima de férias ou um novo companheiro de estimação. Ou mesmo por ficar sozinho tempo demais.

Ambientes tensos também podem estressar o cão, principalmente quando é o dono que está estressado. Aí ele só ficará mais calmo quando o dono também estiver. Se ele fica muito sozinho, arrume brinquedinhos, leve-o para passear com mais frequência.

De uma forma geral, atividade física e mental alivia o estresse porque ajuda a liberar mais serotonina, uma substância produzida pelo organismo que funciona como um calmante natural. Faça-o sentir-se importante, querido, faça carinho, converse com ele, mas também faça-o se mexer, correr um pouco, brincar. Deixe-o um pouco ao ar livre, evite barulhos muito fortes e músicas agitadas. Afinal, cachorro zen é cachorro feliz.

Junte-se a nós! Deixe seu email e receba novidades animais!
Placeholder Placeholder

Tags , , , , ,

Comente |

0 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

(required)
(required)

A- A A+

Options

Layout type:

liquidfixed

Layout color: